EKO/Birel ART Portugal na luta pela vitória no arranque do Campeonato de Portugal Rotax

7 Abr 2022

Equipa sediada no Bombarral em bom plano no traçado de Baltar

 

Os pilotos da Escola de Karting do Oeste/Birel ART Portugal iniciaram de forma positiva o Campeonato de Portugal Rotax. Depois de se sagrar campeão do DD2 Master em 2021, Fabio Kieltyka abriu a nova temporada com três pódios. Charles Delbrassine (DD2 Master) e Aya Delbrassine (Micro Max) também mostraram uma evolução em Baltar.

Fabio Kieltyka, que alinha pela equipa EKO/Birel ART Portugal, voltou a iniciar mais uma temporada como um dos favoritos à vitória na categoria DD2 Master, onde é seu objetivo revalidar o título. No entanto, o piloto belga foi afetado por um problema de chassis que o impediu de mostrar o seu verdadeiro ritmo, desde os treinos cronometrados. Sem desistir, Kieltyka lutou sempre pelas vitórias nas três finais, conquistando três segundos lugares e a volta mais rápida na Final 3.

“Um problema técnico impossível de resolver durante toda a prova condicionou o nosso fim de semana. Por isso, o objetivo passou a ser acumular o maior número de pontos possível para o campeonato e, nesse sentido, fiquei satisfeito. Os adversários são muito fortes, mas sei que com o nosso ritmo normal podemos encontrar o caminho da vitória. Uma palavra especial para a equipa EKO/Birel ART Portugal, que fez tudo o que era humana e tecnicamente para resolver os problemas, e mesmo assim conseguimos três pódios. Vamos pensar na próxima corrida em Leiria”, sublinhou Fabio Kieltyka.

 

Início positivo para Charles e Aya Delbrassine

Pai e filha, Charles e Aya Delbrassine também continuam a competir em Portugal com as cores da EKO/Birel ART Portugal. Depois de apenas uma temporada no Karting, em 2021, Charles Delbrassine está mais forte fisicamente e com um desempenho superior no DD2 Master, pelo que obteve um 8.º lugar na Final 1 em Baltar. No domingo, esteve ainda melhor na última corrida do fim de semana, ao terminar no 7.º lugar, resultado que lhe valeu o 9º lugar final na prova. “Não tive muitas oportunidades de treinar durante a pré-temporada, devido a compromissos profissionais, mas fui conversando com outros Masters e percebi que minha condição física e minha pilotagem estão claramente melhores este ano”, disse Charles Delbrassine, que compartilha a maior parte do seu tempo entre Portugal e Luxemburgo. “O resultado da Final 2 poderia ter sido melhor, mas fui prejudicado pelo eixo traseiro do meu kart que foi danificado após uma colisão na primeira volta. Na Final 3, eu estava a lutar pelo 5º lugar com outros três pilotos quando tive um toque que me deixou para trás. Mas ainda consegui resistir aos pilotos que me seguiam”.

Aya Delbrassine – filha de Charles – é uma das mais jovens do pelotão Micro Max, onde se estreia em 2022 após uma primeira experiência na categoria Micro Academy. A jovem Aya, que vive em Portugal, mostrou vontade de treinar forte e assumir uma nova categoria esta temporada, conquistando o 9º lugar em Baltar. “Aya está melhorando a cada sessão e fez uma das duas melhores voltas neste circuito na última final. O próximo objetivo é poder acompanhar todo o grupo até o final da prova. Ela gosta muito da equipa EKO/Birel ART Portugal e também gostámos de correr em família”, referiu Charles Delbrassine, pai de Aya.

A segunda prova do Campeonato de Portugal de Rotax está marcada para os dias 4 e 5 de junho e será disputada no Kartódromo Internacional de Leiria.

*

0 Comments

Submit a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *